segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Poesia






Não conheço nenhuma

Poesia que se faça sem:

O cheiro a algas do mar,

O grão de areia,

 
O murmúrio do vento

(a memória do vento)
 

a chávena de café e o copo de água.



A poesia dos outros.

 

 

29/4/2014