quarta-feira, 31 de julho de 2013

eternidade

todas as coisas verdadeiras,
só são verdadeiras porque nelas
há a substância de um tempo renovado.
no preciso instante
em que todas as palavras
se tornam definitivamente inúteis.

Sem comentários:

Enviar um comentário